Quem já teve problemas com pneus sabe o quão importante é cuidar desses itens para manter um bom funcionamento do carro – e para evitar problemas de grande proporção. O desgaste é quase inevitável, mas você sabia que bons cuidados podem até mesmo aumentar a vida útil da peça?

Portanto, para que você economize dinheiro e ainda garanta uma boa longevidade dos pneus, nós vamos lhe ensinar cinco hábitos simples para cuidar corretamente deles. Assim, você aumenta a segurança da direção e evita dores de cabeça na sua tão atarefada rotina.

Calibragem periódica

A calibragem é um ato indispensável para garantir a estabilidade do veículo e o conforto dos passageiros. Afinal, por mais que o pneu esteja bem encaixado no aro, a redução da pressão é inevitável.

Não calibrar os pneus do carro de forma regular pode fazer o pneu ficar deformado com o tempo. Ademais, estima-se que o consumo de combustível pode aumentar em até 20% com os pneus murchos.

De uma forma geral, é indicado que a calibragem seja feita de 15 em 15 dias – e sempre antes de uma viagem longa. No entanto, cada veículo tem seu manual de fabricante, e é lá que as especificações de pressão dos pneus estarão mais detalhadas. Dica: procure um posto de combustíveis que tenha um calibrador na bomba de abastecimento, assim fica fácil nunca esquecer de calibrar quando se completa o tanque.

Alinhamento e balanceamento

Assim como a calibragem, o alinhamento e o balanceamento são grandes amigos do pneu.

Se você não está familiarizado com estes conceitos, o alinhamento se refere à regulagem da suspensão, para que os pneus fiquem retos, sem “puxar” para um único lado. Já o balanceamento é a manutenção que faz com que as rodas girem no próprio eixo, sem vibrações.

Indica-se que o alinhamento e o balanceamento sejam feitos a cada 10 mil quilômetros rodados – ou antes, caso haja alguma danificação prematura.

Rodízio de pneus

Outro hábito indispensável na sua rotina de cuidado com os pneus do carro é o rodízio. Sabemos que o desgaste dos pneus é desigual (os da frente, por exemplo, possuem um desgaste maior), e é justamente esse cuidado que fará o desgaste deles de dar de maneira uniforme, adiando a troca do jogo e garantindo a segurança da direção.

Normalmente, o prazo estabelecido também é de 10 mil quilômetros rodados, mas consulte o manual do veículo. Dica: encontre um posto de combustível que possua borracharia com balanceamento.

Não esqueça do estepe

Se você é daqueles que deixa o estepe esquecido, é melhor ficar atento, pois você pode precisar dele em uma situação de emergência. Portanto, o ideal é que você calibre-o em conjunto com os demais pneus, garantindo que ele esteja em condições de uso sempre que for ‘acionado’. Dica: solicite ao frentista a calibragem do estepe.

Cuidado com freadas bruscas

Sim, o seu tipo de direção também influi na durabilidade dos pneus. Freadas bruscas desgastam os pneus de forma desnecessária, mesmo aqueles que possuem boa estabilidade. Portanto, o ideal é dirigir sempre com responsabilidade. E uma dica extra: não carregue mais peso do que seu veículo permite.

Gostou das dicas? Agora que você já sabe como cuidar corretamente dos seus pneus, conte com as facilidades e o serviço de borracharia do Posto 214 Sul para esta missão. Acesse nosso site e conheça nossos serviços exclusivos.

Escreva um comentário