O novo coronavírus impactou direta e indiretamente na vida de todos os brasileiros. Alguns perderam o emprego, outros estão trabalhando em home office, a quarentena colocou todas as famílias em casa, sem escola, faculdade, empresas etc. Isso sem contar as crises políticas e econômicas que a pandemia influenciou.

Outra questão que sofreu um grande impacto na pandemia foi o preço dos combustíveis. Contudo, esse valor varia de estado para estado, então, alguns aumentaram e outros diminuíram. Pensando nisso, separamos alguns estados para mostrar as diferenças entre eles e, assim, elaborar um panorama da questão em todo o país.

Confira os dados analisados, com base nas informações divulgadas pelo TX Fuel entre os dias 24/05/2020 e 30/05/2020, e informe-se já.

São Paulo

Nem todos os preços estão aumentando durante essa pandemia. Um exemplo disso é o combustível de São Paulo, que caiu 10% desde o começo de março quando começamos a quarentena.

O combustível mais caro do estado de São Paulo é a gasolina comum de Franca, que custa R$ 3,961, estando a mais barata localizada em Paulínia por R$ 3,456.

O etanol mais barato se encontra em Presidente Prudente, por R$ 2,010. Da mesma maneira, o mais caro fica em Ubatuba, com um valor de R$ 2,699.

Já o óleo diesel mais barato, é em São Caetano do Sul, custando R$ 2,714, e o mais caro em Cubatão, com preço de R$ 3,424.

O GNV mais barato, por sua vez, é o de São Caetano do Sul, por R$ 2,699, e mais caro está em Praia Grande, por R$ 3,759.

Os motivos para esta oscilação são os mais variados possíveis, incluindo a influência do mercado internacional no preço desses combustíveis.

Distrito Federal

No Distrito Federal, o combustível chegou ao seu preço mais baixo em quase três anos, desde agosto de 2017, apresentando uma queda de 15,5%, de acordo com o G1.

Em Brasília, os valores de combustíveis atualizados são do etanol custando R$ 2,838, a gasolina comum por R$ 3,641 e o óleo diesel a R$ 2,990.

Pernambuco

Já em Pernambuco, na pandemia, o preço dos combustíveis subiu após uma sequência de cortes feita pela Petrobrás. Por isso, os valores também sofreram uma variação no período pandêmico que o país está vivendo.

Atualmente, o etanol mais barato está em Recife, por R$ 3,062, e o mais caro em Salgueiro, pelo preço de R$ 3,549.

A gasolina comum mais barata fica na cidade de Garanhus, pelo valor de R$ 3,547. Por sua vez, a mais cara também está em Salgueiro, por R$ 4,329.

O óleo diesel mais barato está localizado em Vitória de Santo Antão, por R$ 2,990, e mais caro em Petrolina, pela quantia de R$ 3,249 por litro.

No caso do GNV, o valor é de R$ 2,659 na maioria do estado, sem oscilações.

Rio Grande do Sul

No Rio Grande do Sul, de acordo com o Gaúcha ZH, o preço da gasolina apresentou uma queda de 12,6%. Assim, os dados do TX Fuel mostram que o etanol mais barato está em Sapiranga, por R$ 3,624, e mais caro em São Luiz Gonzaga, custando R$ 4,509.

Já a gasolina comum mais barata, está em Novo Hamburgo, pelo preço de R$ 3,478, e a mais cara em Bagé, com valor de R$ 4,470.

O óleo diesel mais barato fica na cidade de Lajeado, tendo o litro a R$ 2,649, e o mais caro em Bagé, por R$ 3,521.

No que diz respeito ao GNV, o mais barato está em Gravataí, custando R$ 3,469, e o mais caro fica localizado em Santa Maria, a R$ 3,940.

Quer saber mais?

Os preços variam de estado para estado, dado o fato de que o valor dos combustíveis não é um só em todo o Brasil. Por isso, alguns apresentaram queda e outros alta.

Ficou interessado em saber mais? Assista a nossos vídeos, cadastre-se em nosso e-mail Marketing. Aproveite também para baixar nosso aplicativo gratuito para Android e iOS, além de conferir outros artigos: Descubra como economizar combustível!

Escreva um comentário