Os gastos com reparos e trocas devido ao desgaste dos componentes metálicos do automóvel não são nada baratos. Para aumentar a vida útil desses equipamentos e evitar os custos com manutenção e troca, o condicionador de metais pode ser uma boa escolha.

Neste artigo, você vai entender como esses condicionadores funcionam, onde podem ser usados e quais os benefícios que trazem para o desempenho do veículo. Vamos lá?

O que é o condicionador de metais?

O condicionador é desenvolvido a partir de nanotecnologia. Sua origem é sintética e forma uma proteção antioxidante, anticorrosiva e contra o desgaste das peças de metais sujeitas à fricção.

O primeiro equívoco é pensar que esses condicionadores são aditivos para o óleo lubrificante. Isso porque eles não possuem compostos capazes de alterar ou acrescentar características ao óleo. Esse, por sua vez, é usado apenas para espalhar o condicionador de metais por todo o sistema interno do motor do automóvel.

Qual sua função e como funciona no sistema do automóvel?

Sua principal finalidade é reduzir o atrito entre as peças metálicas por meio de uma película protetora criada pelo condicionador capaz de alisar, promover o endurecimento e proteção dos componentes. Por isso, temos a diminuição do desgaste e o prolongamento da durabilidade das peças.

Sua aplicação pode ser feita no motor, câmbio e/ou ar-condicionado.

Quais são os benefícios de usar o condicionador de metais?

Como você já sabe, entre os principais benefícios do uso dos condicionadores estão a redução do desgaste e o aumento da durabilidade das peças. Mas além desses, ainda observamos outras vantagens, como:

  • facilitação das partidas a frio (responsáveis por cerca de 80% do desgaste das peças metálicas);
  • redução da emissão dos gases poluentes;
  • aumento do rendimento do sistema;
  • proteção anticorrosiva e antioxidante;
  • redução da temperatura de funcionamento do motor;
  • diminuição do consumo de combustível;
  • aumento da performance do automóvel;
  • redução de ruídos e vibração.

Quando aplicar o condicionador de metais?

Basicamente, a aplicação dos condicionadores são feitas a cada duas trocas de óleo. Contudo, é importante uma avaliação do responsável pela troca do óleo para checar a quantidade e periodicidade dessa troca.

Quais os melhores condicionadores de metais disponíveis no mercado?

Entre os principais condicionadores de metais presentes no mercado atualmente, estão:

Para saber qual o melhor condicionador de metais para o seu carro, conte com a expertise do posto de gasolina onde você faz a troca do seu óleo. Seus profissionais são capacitados para indicar o melhor condicionador e a periodicidade da troca — por isso, certifique-se da qualidade do posto de gasolina escolhido, para ter melhores resultados em seu automóvel.

Em resumo, o uso do condicionador de metais é, sim, uma ótima escolha para quem quer prevenir os desgastes das peças metálicas e reduzir os gastos com manutenções do veículo. Além de garantir um melhor desempenho do carro, os condicionadores reduzem a emissão de gases poluentes e o consumo de combustível.

Quer saber mais sobre os condicionadores de metais e seus benefícios? Temos uma sequencia de 14 vídeos com o especialista Jovane que atua na área desde 1994.

Escreva um comentário