Se você já passou pela infelicidade de ter seu carro amassado, certamente já se perguntou para que serve um martelinho de ouro na hora do reparo, não é? Essa técnica de funilaria — que recebe esse nome justamente por usar um martelo com uma cabeça feita de ouro — é muito utilizada para consertar avarias na lataria dos veículos de maneira rápida, evitando a repintura do local danificado.

Mas você sabe quais são as suas reais vantagens e quando essa técnica pode ou não ser aplicada? Preparamos um conteúdo especial para mostrar detalhes desse processo e em quais situações ele não deve ser utilizado, além de explicar algumas ferramentas que são utilizadas junto a esse procedimento. Continue a leitura para saber mais!

Quais são as vantagens do martelinho de ouro?

Muitos clientes procuram profissionais que executem essa técnica, por ser um processo mais de reparo e pelo baixo custo oferecido — apesar da paciência e concentração exigidas durante a execução do serviço —, quando comparado a outros serviços prestados em uma oficina.

Como comparação, temos as situações em que o cliente opta por uma pintura e chapeação. Esse serviço levaria aproximadamente três dias para ficar pronto, enquanto o martelinho de ouro resolveria o problema em uma hora — para danos de menor porte.

Outro fator importante e que leva muitos motoristas a escolherem o martelinho é que, ao utilizar essa ferramenta, o reparo dos danos não prejudica a pintura original do veículo e não gera a necessidade de trocar a lataria.

Em quais situações ele não se aplica?

Mais indicado para pequenos amassados, o martelinho de ouro pode não ser suficiente para reparar avarias de maior gravidade. Em casos de carros que sofreram batidas mais fortes, tiveram a sua pintura muito prejudicada ou precisam trocar a lataria, o uso dessa técnica não é recomendado. Nessas situações, é preciso recorrer a um serviço de funilaria mais abrangente.

Quais são as ferramentas usadas com o martelinho de outro?

Existem algumas ferramentas que, aliadas ao martelinho de ouro, auxiliam o trabalho do mecânico. Vamos conhecer algumas delas:

Lixadeira Politriz Angular

Devido à necessidade de lixar a parte danificada antes de começar o reparo, os mecânicos usam uma lixadeira politriz angular que, por ter uma menor rotação, facilita a sua manipulação. Essa ferramenta também é responsável por remover materiais deteriorados e preparar o revestimento da lataria.

Soprador Térmico

Usado para soprar ar quente na lataria, o soprador térmico funciona como um secador, embora tenha muito mais potência. Ele pode passar por até três estágios de temperatura:

  • 20w de potência — temperatura ambiente;
  • 1.000w de potência — atingindo até 350 graus Célsius;
  • 2.000w de potência — chegando a 550 graus Célsius.

Ventosa

Popularmente conhecida como “chupetinha”, a ventosa serve para retirar amassados na lataria do veículo. Ela é utilizada com cola e uma repuxadeira que auxilia o serviço. Ela pode ser encontrada em tamanho pequeno, médio e grande.

Agora que você sabe para que serve um martelinho de ouro, será muito mais fácil reconhecer situações em que o seu carro poderá usufruir dessa técnica, proporcionando uma economia de tempo e um alívio para o seu bolso.

Gostou do que leu? Quer saber mais sobre o assunto? Então assista nosso vídeo sobre os profissionais de martelinho de ouro do Posto 214 Sul, ou descubra qual posto de Brasília tem um martelinho de ouro.

SOCIAL POSTS

  1. Seu carro amassou e você está em busca de um profissional para consertá-lo? Então, você precisa conhecer o martelinho de ouro.
  2. Tire todas as suas dúvidas sobre o que é, para que serve e quais são as vantagens do martelinho de ouro. Confira!
  3. Você sabe para que serve o martelinho de ouro? Entenda tudo sobre essa técnica de funilaria neste artigo!

Escreva um comentário