Como funciona uma bomba de combustível?

bomba de combustível

As bombas de combustíveis presentes nos postos precisam de cuidados diários para que funcionem perfeitamente. É, além de uma métrica de qualidade, uma questão de saúde que as bombas atendam as necessidades dos clientes de forma correta, ou seja, sem causar vazamento, que pode danificar a pintura carro, por exemplo.

Existe uma série de problemas que uma bomba de combustíveis pode causar ao posto de combustível e também ao cliente. Você sabia que até mesmo a velocidade com a qual o abastecimento do seu carro é feito pode gerar desperdício ou prejuízo e, geralmente, esse desperdício cai na conta do motorista desinformado?

Para que você possa ficar mais atento e saber evitar situações desconfortáveis ao encontrar uma bomba com mal funcionamento, continue lendo esse texto. Aqui, você descobrirá como uma bomba de combustível funciona e aprenderá a usar esse conhecimento a seu favor.

 Como funciona uma bomba de combustível?

Quando precisamos abastecer nosso veículo em um posto de gasolina, nós não nos perguntamos como que aquela máquina faz para levar o combustível de seu interior até o tanque do carro, mas se por acaso você tiver esse tipo de curiosidade, saiba que esse conhecimento pode ser muito útil.

Mecanicamente falando, não é um processo muito complicado de compreender. Tudo acontece quando o frentista autoriza a bomba a dar partida e aciona o gatilho, os marcadores eletrônicos começam a rodar levando as informações através de sensores para o visor enquanto uma bomba de sucção no interior da máquina faz o trabalho de despejar o combustível dentro do tanque do automóvel.

Essa bomba, presente no interior da máquina, é acionada por um motor blindado para que não haja explosão no equipamento. É um processo rápido que poucos se preocupam em perguntar como acontece, mas sabendo como uma bomba de combustível funciona, você aprende a identificar eventuais problemas que elas possam ter, problemas esses que podem pesar no seu bolso.

Por que fazer a aferição das bombas de combustível?

A aferição é um processo muito importante na rotina de um posto de combustível. É uma medida de segurança que pode ser capaz de evitar grandes acidentes. Por esse motivo, é sempre bom perguntar aos frentistas do posto de combustível que você costuma ir com que frequência esse processo é feito.

Determinado por lei pelo Inmetro, a responsabilidade de manter as bombas funcionando em perfeitas condições é uma atribuição do proprietário do posto. Periodicamente, há fiscalizações rigorosas para averiguar se as bombas estão trabalhando corretamente. Em caso de irregularidades, esse posto pode ter a bomba lacrada, ser multado ou, em algumas situações, ser obrigado a fechar.

Como dito, a aferição das bombas é uma obrigação legal, mas, vai muito além disso. É através desse processo que vazamentos podem ser detectados ou evitados, já que sabemos que óleo diesel e gasolina são materiais que poluem o solo podendo causar danos no meio ambiente, e isso só aumenta a necessidade de manter as bombas sob cuidados.

Quais são as normas do Inmetro para aferição?

Para que o serviço possa ser prestado com qualidade e eficiência, é preciso que haja um padrão. Por isso, há uma legislação estabelecida pelo Inmetro para garantir que todos os proprietários sigam as regras conforme indicada pelo órgão. As bombas nos postos de combustível precisam ser aprovadas para receberem o selo do Inmetro, isso só acontece quando o equipamento está em seu funcionamento perfeito.

Sua medida tem por dever ser padrão, o que também precisará passar por inspeção do Inmetro num processo de aferição, para só então receber o lacre com o selo validando a qualidade do equipamento. Os bicos das bombas precisam ser aferidos através de uma coleta de 20 litros para saberem se estão dentro dos padrões.

É necessário manter um controle sobre a aferição e caso seja encontrado alguma anormalidade, o equipamento deve ser interditado pelo responsável do posto para que possa ser requisitada a visita de um profissional competente a fim de fazer a manutenção adequada do equipamento.

Você sabia que o motorista consumidor do posto pode solicitar a aferição imediata da bomba de combustível? É isso mesmo, solicite aqui no Posto 214 Sul e identifique como é feita. Descubra agora como os motoristas brasilienses estão economizando na compra do combustível em Brasília!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *