Conheça 10 dicas importantes para avaliar seu carro antes da sua viagem de férias.

A época festiva está chegando, o que significa que milhões de motoristas brasileiros vão para as estradas para chegar aos seus destinos favoritos de férias. No entanto, antes de partir para qualquer lugar de férias, você precisa preparar seu carro.

E o melhor conselho que podemos dar é que, qualquer pessoa que queira tranquilidade antes de viajar, submeta seu veículo a uma inspeção de segurança completa. Acompanhe este post os itens que selecionamos, para que você tenha ideia do que exatamente irá precisar ficar atento e verificar antes de embarcar em sua viagem!

1.  Fluidos (óleo e líquido de refrigeração)

Uma verificação abaixo do capô é a primeira da lista. Você deve verificar primeiro os níveis de fluido, pois é uma das principais preocupações que os motoristas precisam estar cientes e que não verificam com frequência. Se os níveis de líquido de arrefecimento e óleo estiverem baixos, pode ser que seu carro tenha um pequeno vazamento em algum lugar. Verifique também o fluido dos freios; se esse nível estiver muito baixo, seu carro não é seguro para dirigir, pois pode não ter a segurança necessária em pistas escorregadias ou mesmo em situações que em precisa parar. Esteja atento a estes sinais!

2. Conjunto de luzes

Se as suas férias envolvem dirigir à noite ou em condições de neblina, você quer ter certeza de que todas as luzes do seu carro estão funcionando corretamente – especialmente se você estiver em uma região desconhecida do país. Este é um teste simples, mas importante. Muitos carros precisam de novas luzes de freio, uma vez que os globos de luz de freio mais antigos se acendem regularmente porque este é um globo que você está usando constantemente, pois liga e desliga sob frenagem. Portanto, vale a pena verificar a necessidade de substituição de lâmpadas!

3.  Limpadores

O teste é simples – os limpadores estão limpando a água do para-brisas ou estão deixando linhas de água que prejudicam sua visão? Antes de partir para a viagem, use as arruelas do para-brisa para borrifar o para-brisas e verifique se os limpadores estão fazendo seu trabalho de maneira uniforme e gradual. Esteja atento ao desgaste deles e à necessidade de substituição!

4.  Rodas e pneus

Os pneus são talvez a parte mais importante do seu veículo. Eles são o que conecta seu carro à estrada e, se você estiver dirigindo por horas seguidas, eles precisam estar em boa forma. Analise a profundidade do seu pneu, depois maioria dos pneus possui um indicador de profundidade de uso e, uma vez que o pneu está desgastado até esse ponto, que geralmente são pequenas borrachinhas e frisos na borracha do pneu, ele precisa ser substituído o mais rápido possível. Verifique a superfície do pneu quanto a danos, inflexões e procure por bolhas. Também é importante que os motoristas verifiquem regularmente a pressão dos pneus, mesmo que não estejam em viagem. Se um pneu estiver cheio demais, ele se desgastará no meio do pneu e, se estiver com pouca pressão, ficará com sinais nas laterais e nas bordas.

5.  Pastilhas de freio

Outro componente importante antes das férias no seu carro a considerar é o desgaste da pastilha de freio. As pastilhas de freio são compostas por uma parte externa de metal e uma parte interna composta. A parte interna do compósito precisa ter mais de 5 mm de espessura. Uma vez que a almofada se desgastar abaixo disso, a almofada precisa ser substituída.  Verifique se o freio de mão está funcionando corretamente. O freio de mão não clique mais do que quatro vezes antes de segurar o carro no lugar. Qualquer coisa com mais de quatro cliques não passaria em um teste de inspeção técnica.

6.  Vazamentos

Após as verificações ocultas dos níveis de fluido, é uma boa ideia verificar se há vazamentos de vários componentes e mangueiras embaixo do carro. Se houver manchas de óleo ou líquido de arrefecimento, com uma textura brilhante e parecida com o óleo, no piso da garagem, solicite a inspeção do veículo por um técnico. Se seu carro estiver na garantia, leve-o até a concessionária onde foi comprado, pois fazer este serviço autorizado garante valorização de seu carro na hora da revenda, dentro dos padrões da Tabela Fipe.

7.  Correias de transmissão

Ao verificar embaixo do veículo, examine a correia de transmissão quanto a rachaduras. Se a correia de transmissão estiver danificada ou desgastada, é possível que você desligue totalmente o motor. Você não poderá carregar a bateria e seu veículo começará a superaquecer porque a bomba de água é acionada pelo cinto. Isso acontece muito com carros usados é muito importante estar atento – se algo acontecer com este cinto, você ficará parado na estrada. Se você planeja rodar por um longo período de tempo e ao longo dos meses anteriores já percorreu muitos quilômetros desde seu último serviço de revisão, agora é uma boa hora para verificar suas correias.

8.  Roda de reposição

Uma verificação simples, porém essencial, do seu carro que você pode fazer antes de iniciar as férias é verificar se o pneu sobressalente, o macaco e a chave inglesa estão presentes no seu veículo e se estão funcionando corretamente. Procure também garantir que sua roda sobressalente tenha um pneu inflado adequadamente. Provavelmente, você não precisou usá-lo por um tempo, portanto verifique a pressão antes de partir para evitar ficar preso no meio da estrada com um estepe murcho.

9.  Direção

Alguns testes só podem ser feitos sob condições de direção. Técnicos qualificados podem captar certas preocupações que o motorista comum pode perder. Coisas como sons, vibrações e suspensão do motor. Para a verificação da direção, o ideal é levar o seu veículo para a estrada e ver se a direção puxa em uma determinada direção. Se você tem um Prisma, por exemplo, e se o veículo virar para a esquerda ou a direita, isso pode indicar um problema de alinhamento das rodas. Se isso estiver presente, elevaremos o veículo e verificaremos novamente as rodas ou outros componentes, como o rack de direção.

10.  Pedais de freio e de embreagem

Enquanto as pastilhas dos freios são verificadas quando o carro está parado, é importante avaliar como o veículo reage à frenagem ao dirigir – se ele puxa para um dos lados sob a frenagem. É totalmente inseguro dirigir um veículo que não possa ser controlado sob frenagem. Portanto, fique atento a isso!

Gostou destas dicas? Aproveite para ler sobre como economizar combustíveis em viagens.

Imagem: Pixabay

Escreva um comentário