Muitos proprietários optam pelo polimento automotivo para deixar o carro brilhando. Mas será que esta é a melhor opção para os veículos? Sem alguns cuidados essenciais, o procedimento pode causar manchas, avarias e até depreciar o preço final do carro. Para que o polimento automotivo não resulte em muita dor de cabeça e gastos inesperados, é preciso estar atento a alguns pontos na hora de escolher o melhor serviço prestado.

Polimento automotivo pode comprometer a pintura do veículo

Parte da beleza do carro está na sua cor e no seu brilho, certo? Mas isso pode acabar de forma precoce por conta de alguns tipos de polimentos que causam desgaste no verniz do veículo. Isso ocorre por conta do uso de produtos abrasivos, principalmente em áreas de vincos e cantos. O resultado é a aparência fosca da lataria e a falta de proteção para agentes do tempo, como o Sol e a chuva.

Não é difícil encontrar em fóruns da internet proprietários que reclamam desse tipo de problema. É aí que começa a dor de cabeça. Dependendo da situação, talvez seja necessário contratar o serviço de outro profissional para lixar e envernizar novamente o carro todo, o que pode ser caro, trabalhoso e ainda mais demorado.

É preciso seguir cuidados para realizar o polimento automotivo

Alguns passos fundamentais precisam ser seguidos para que o polimento automotivo seja bem feito. Os principais pontos são: a lavagem completa antes do trabalho para retirar poeira e sujeira; e a descontaminação, que é o processo de retirada de resíduos do dia a dia que possam estar no veículo.

A proteção de peças e acessórios é outro ponto, sem ela os itens podem ficar seriamente danificados. Além disso, a forma que o profissional trabalha é fundamental, a força aplicada e o equipamento usado no trabalho pode embelezar ou agredir o veículo.

Com a falta destes cuidados, a lataria pode apresentar arranhões e manchas aparentes, ocasionando a frustração do proprietário do veículo e, consequentemente, em longas reclamações que, em alguns casos, podem ser levadas até para a justiça.

Outro erro frequente entre as pessoas é optar por realizar o trabalho em casa achando que será mais barato.

Avalie o custo-benefício

Entender qual é a necessidade de cada caso é fundamental. Um mito que faz as pessoas optarem pelo polimento automotivo é pensar que o trabalho vai encobrir os problemas de pinturas ou riscos. Para que essa avaliação seja feita, é preciso consultar um profissional.

Se o veículo está apenas empoeirado ou com sujeira impregnada, uma lavagem já vai resolver o problema e trazer nova vida ao carro. A lavagem é um procedimento rápido, fácil e que não agride a lataria e os materiais que compõem o veículo.

Além disso, o processo de lavagem possui um valor bem inferior ao polimento automotivo, principalmente se o veículo for SUV ou Picape. Outro ponto é a rapidez no processo, que faz com que o proprietário fique o mínimo de tempo possível longe de seu veículo.

Uma boa opção para a limpeza de forma rápida e prática é o serviço Flying Lap. Agora, se você gosta da limpeza completa, por dentro e por fora, o ideal é a Comb-Out.

Escreva um comentário