Abastecer com gasolina adulterada é um grande perigo para o carro. Entre os problemas que pode gerar, estão desde os corriqueiros perda de potência e rombo no bolso, até a contaminação do óleo, carbonização e depósito de resíduos e – em casos extremos e muito raros – deformação dos pistões e de outros componentes. Por isso, fique de olho no que você está colocando no tanque do seu carro.

Se você já abasteceu seu veículo com gasolina adulterada (batizado) deve saber as graves consequências que isso acarreta ao bom funcionamento do motor, infelizmente isso ocorre com grande frequência no Brasil, tanto pela desonestidade de alguns quanto pela falta de fiscalização dos órgãos governamentais.

O ideal é sempre abastecer no mesmo posto, dessa forma será mais fácil identificar possíveis irregularidades com o combustível que adquirir, nem sempre conseguimos fazer isso, mas programar o abastecimento no mesmo local é uma ótima ideia.

Não acredite em preços “milagrosos”, quando o preço do combustível está baixo demais (fora da média de outros postos) você deve desconfiar, pois a chance da gasolina, álcool ou diesel estar batizado é grande.

Sempre verifique se os reservatórios de combustível possuem os lacres eletrônicos, pois esse controle de qualidade é obrigatório.

As distribuidoras de combustível oferecem controle de qualidade, portanto procure saber se o posto que irá abastecer faz parte desses programas.

Sempre verifique a origem do combustível, o posto deve obrigatoriamente informar qual a origem do seu produto, e os postos sem bandeira são obrigados a deixar exposto em cada bomba a sua distribuidora.

Testes de combustível

Vai abastecer em um posto pela primeira vez? Ou está desconfiado que abasteceu com um combustível adulterado? Veja os testes que podem ser feitos:

Teste da Gasolina (teste de proveta)

Se há suspeita de gasolina adulterada você pode solicitar o teste da proveta, esse teste deverá ser feito na hora, ele é excelente para medir o percentual de etanol que tem na gasolina, o percentual máximo é de 27% para gasolina tipo comum, e 25% na gasolina premium, a oscilação máxima deve ser de 1% segunda a ANP.

Teste do Etanol

O etanol adulterado também pode ser testado, solicite o teste de teor alcoólico, e repare no visor da bomba se o álcool está isento de impurezas, e claro visualmente, caso esteja alaranjado pode existir irregularidades. Geralmente quando o etanol está batizado ele foi misturado com etanol anido (o de cor alaranjada, que é misturado com a gasolina) e na verdade ele deve ser apenas etanol hidratado pois ele é o verdadeiro combustível.

Teste do óleo Diesel

Para o óleo diesel verificar o aspecto é essencial, impurezas como ferrugem, água, poeira são extremamente prejudiciais a todo o sistema de injeção e ao bom funcionamento do motor, portanto verifique quando desejar.

Teste de Vazão

Outro teste que pode ser solicitado é o de vazão, esse teste é mais para saber se você não está levando menos combustível do que está pagando, esse teste também é direito do consumidor e deve ser feito na própria bomba, na frente do cliente. Lembre-se que todas as bombas devem ter o selo do INMETRO.

Consequências ao abastecer com combustível adulterado

Se você abastecer com combustível batizado provavelmente perceberá logo, pois as seguintes consequências poderão ser reconhecidas:

  • Falhas no funcionamento do motor (dificuldades para ligar o veículo, perda de potência e falhas como “engasgamentos”);
  • Aumento na emissão de fumaça ou despeso de líquido pelo escapamento;
  • Aumento no consumo de combustível, provavelmente seu veículo irá percorrer menos km que o normal com um tanque;
  • Aumento de ruídos do motor;
  • Instabilidade do motor em marchas lentas.

Além dessas consequências que podem ser aparentes de imediato, também existem outros agravantes a longo prazo:

  • Travamento de válvulas;
  • Acúmulo de resíduos e depósitos no motor, o motor pode até mesmo vir a fundir com esse agravante;
  • Danos e corrosão da bomba de combustível e de todo sistema de injeção;
  • Desgaste precoce aos componentes compostos de borracha (mangueiras e conexões de alimentação) além de juntas e retentores;
  • Entupimento da bomba de combustível, que pode fazer o veículo parar de funcionar;
  • Prejuízo ao meio ambiente.

Como resolver problemas acarretados pelo combustível adulterado

A medida de menor custo caso o veículo ainda esteje funcionando é a adição de aditivos no tanque como:

Caso acredite que o problema seje grave com gasolina adulterada ou outro combustível, o ideal é esvaziar o tanque, reservar o combustível suspeito. Logo em seguida limpe o tanque e abasteça com combustível em um posto confiável, veja outras medidas:

  • Substituir os filtros de combustível;
  • Inspecionar e se necessário trocar as mangueiras de alimentação;
  • Caso o veículo seja carburado verifique a necessidade de realizar uma limpeza, e caso seja injeção testar a válvula reguladora de pressão;
  • Testar a vazão da bomba e realizar uma limpeza caso necessário.

Algumas medidas preventivas podem ajudá-lo a cuidar do seu veículo:

  • Para todos os veículos é essencial substituir os filtros de combustível no prazo recomendado pelo fabricante;
  • Para veículos a diesel é recomendado instalar um filtro separador de água, que pode prevenir corrosão do sistema de injeção. Isso porque principalmente o Diesel S10 tem sido muito adulterado, e o acumulo de água pode comprometer o sistema;
  • Saiba sempre o consumo médio do seu veículo, e caso repare que o desempenho caiu após abastecer em algum lugar mude de posto.

Como denunciar um posto de gasolina

A Agência Nacional de Petróleo (ANP), é o órgão responsável por fiscalizar todos os postos, caso você acredite que existe alguma irregularidade em algum posto faça sua parte e denuncie, essa atitude inibe os desonestos e ajuda outras pessoas a não serem prejudicadas. A denúncia pode ser feita no link www.anp.gov.br/faleconosco ou pelo telefone 0800 970 0267 (ligação gratuita).

Como solicitar reembolso de prejuízos a postos de gasolina

Caso você tenha certeza que seu veículo sofreu algum dano devido a gasolina adulterada é seu direito solicitar que o prejuízo seja ressarcido, mas para isso lembre-se, sempre exija nota fiscal ao abastecer, e você pode informar o km e a placa do veículo na mesma, a NF é a maior prova que abasteceu seu veículo naquele posto.

Caso tenha sido vítima desse tipo de golpe, junte todas as provas, NF do posto, comprovantes de compra de peças e mão de obra de manutenção e dirija-se entre em contato com o posto primeiramente ou até mesmo com o programa de controle de qualidade, caso confirme a adulteração vá ao PROCON mais próximo, lá você será orientado a dar sequência.

Mesmo se for reembolsado e ainda assim sentir-se prejudicado, você pode entrar com uma ação no Juizado de Pequenas Causas, ou acionar um advogado para solicitar um pedido de indenização sobre a gasolina adulterada.

Gostou do conteúdo? Assista agora como fazer o teste rápido para saber se a gasolina está adulterada!

Escreva um comentário