É muito importante a limpeza automotiva para a conservação do veículo. Além da questão de higiene, é essencial para que ele possa rodar sem problemas, e é primordial para mantê-lo em bom estado e funcionando perfeitamente.

Dessa forma, que técnicas e equipamentos são necessários para uma boa limpeza automotiva? Vejamos no decorrer do post.

Técnicas para realizar uma boa limpeza automotiva

Preparação do local antes da lavagem

Ao preparar o veículo para a lavagem, é importante escolher o local apropriado.

Evite que a lavagem do carro seja feita debaixo do sol, pois jogar água ou o sabão no carro quente ou sob o sol farão com que a pintura fique manchada. Assim, tenha um local coberto e à sombra para começar a limpá-lo e que de uma banho de água fria com pressão antes de começar o procedimento.

Atenção aos produtos de limpeza

Os produtos de limpeza automotiva mais indicados, apesar de muitos pensarem o contrário, não são água e sabão qualquer. Estes podem danificar o veículo e provocar manchas.

Há produtos específicos de limpeza, próprios para carros, que devem ser utilizados. A final, a pintura possui verniz e uma série de cuidados específicos. Este item é fundamental para ter as técnicas e equipamentos para um boa limpeza automotiva.

A lavagem do veículo

A lavagem deve ser feita molhando o carro primeiro e continuar mantendo-o molhado até a finalização da limpeza, para evitar manchas.

Depois do veículo molhado, pode começar a passar o sabão neutro, que deve ser um shampoo automotivo. É importante utilizar sempre produtos próprios para veículos, pois eles limpam da forma adequada a sujeira e não causam danos à parte externa do carro.

Evite utilizar esponjas comuns, como as de lavar louça, pois elas não limpam eficientemente e ainda podem riscar a pintura. Utilize esponjas automotivas ou luvas de microfibra ou lã, pois estas absorvem a sujeira e não riscam o verniz.

A lavagem deve ser feita de cima para baixo, do teto até as rodas, nunca o contrário. Para os detalhes e cavidades, use uma escova de cerdas macias. Para os pneus, utilize uma escova plástica mais resistente.

Não deixe o carro secando, pois ele ficará com aparência de manchas, como aquela que fica quando chove. Para secar corretamente o veículo, utilize toalhas de algodão, microfibra ou silicone.

Encerando e finalizando a parte externa do veículo

Além das técnicas e equipamentos para um boa limpeza automotiva o uso de cera, para dar o polimento faz total diferença para o acabamento final. A cera protege dos raios solares, mantém o veículo limpo por mais tempo, pois evita o acúmulo de sujeira, corrosão e oxidação.

Aplique a cera após o veículo limpo e bem seco, siga as instruções de uso do produto. Faça movimentos circulares e deixe agindo por cerca de cinco ou dez minutos, depois remova o excesso com uma toalha de microfibra profissional.

Limpeza interna do veículo

Ao lavar internamente o veículo, é preciso também cuidados para não o danificar. A limpeza dos painéis possuem alguns botões, assim, para limpá-los, pode ser usado um pincel ou sopradores de alta pressão.

Esta ferramenta remove a poeira e sujeira neles, bem como na grade do ar condicionado. Este trabalho também pode ser feito com um aspirador de alta sucção.

Limpeza do teto

O teto é também um local que deve ser levado em conta na hora da limpeza do seu veículo. De acordo com o Centro de Experimentação e Segurança Viária (CESVI), a higienização do veículo deveria começar por ele, pois qualquer sujeira que solte do teto, vai cair em toda cabine interna.

Para limpar o teto, primeiro é preciso remover a poeira com uma escova e um pano macios. Depois, misture água com o higienizador profissional e com a ajuda de um borrifador, espalhe esta mistura no teto. Depois, passe o pano limpo para removê-la.

É importante limpar a superfície inteira desta área, sem deixar faltar nenhum espaço.

Limpeza de bancos de tecido e de couro

Se o seu veículo possui bancos de tecido, limpe-os com um higienizador, que é o mesmo utilizado em sofás. Mas há também, limpadores específicos para o uso automotivo, conhecidos como APC, um tipo de limpador multiuso.

Ao aplicar a substância, não esfregue, pois pode danificar o tecido dos bancos. Deixe o limpador agindo por alguns minutos e depois o remova o excesso com outro pano.

Já os bancos de couro, a limpeza é mais fácil, pois este tipo de material não retém a sujeira e nem poeira, o que pode ser até vantajoso para quem é alérgico. Para higienizá-los, utilize um pano úmido com sabão neutro, de preferência de coco, em pouca quantidade. Depois, retire o sabão neutro com um pano seco.

É altamente recomendado dentro das técnicas e equipamentos para um boa limpeza automotiva também hidratar o couro. Mas se a limpeza foi feita com sabão de coco, não é necessário, pois o coco já é um tipo de hidratante natural.

Para hidratar couro você pode utilizar produtos profissionais ou até mesmo hidratante para pele, encontrada em farmácias locais.

Limpeza de painéis

Para as partes plásticas, como painéis, pode-se utilizar produtos que evitam o ressecamento, porém, não utilize óleos e nem silicone para esse procedimento, pois essas substâncias danificam o material.

Cuidados com a limpeza automotiva em locais que dizem ser profissionais

Se você for utilizar os serviços de um lava-jato, é preciso ter alguns cuidados, como por exemplo, não permitir que lavem o motor, se não for por um especialista. Há muitas peças sensíveis e partes eletrônicas no motor e a água pode fazer com que surjam problemas, o que pode trazer um grande prejuízo.

O uso de rolos automáticos também pode danificar a pintura do seu veículo, causando arranhões. Evite-os a todo custo. Tendo esses cuidados tenha certeza de que você estará conservando muito bem seu carro, fazendo-o durar mais tempo.

Quer saber mais sobre limpeza automotiva? Leia agora sobre o clube de lavagem automotiva profissional Comb-Out ou a lavagem externa feita em até 10 minutos, o Flying Lap.

Escreva um comentário