Promover a segurança no trânsito é tarefa de todos. E um dos itens que deve constar na listagem dos proprietários de automóveis é revisão veicular, ou seja, cuidar bem do seu automóvel. A partir deste procedimento simples é possível evitar muitas dores de cabeça, acidentes e até poupar dinheiro.

Quer saber mais sobre a importância da revisão veicular e como definir o calendário para fazê-la em seu carro? Basta continuar a leitura para descobrir!

O que é a revisão veicular?

Automóveis, assim como pessoas, precisam de um check-up periódico para ver como anda a saúde. Nos carros significa analisar peças, dispositivos e sistemas, a fim de prevenir o desgaste prematuro do automóvel.

A revisão veicular é composta por uma lista de itens para verificação. Alguns são muito simples, como o funcionamento das lâmpadas, mas outros precisam de auxílio profissional para uma avaliação correta, como nos casos dos cabos do acelerador ou da embreagem.

Para quem acaba de comprar um zero km também existem as vistorias realizadas de meses em meses, afinal deve-se acompanhar o funcionamento completo do veículo.

Por que fazer a revisão do seu automóvel?

Há quem pense que a revisão tem pouca — ou nenhuma — importância, dizendo que problemas sempre vão existir. A questão é que a manutenção preventiva diminui significativamente a chance de emergências e problemas durante o uso. Isso porque na revisão os mecânicos fazem a checagem das peças, procurando por avarias e desgastes e realizando a troca quando necessário, antes que elas apresentem defeito.

Para se ter uma ideia, algo simples como esquecer de trocar o óleo, algo que custa em torno de R$ 200, pode prevenir uma pane no motor, cujo conserto, quando possível, pode chegar a R$ 10 mil ou mais e desvalorizar o automóvel na hora da revenda.

A revisão também pode ser uma ferramenta para diminuir o consumo de combustível e aumentar a vida dos pneus. Coisas simples como alinhamento, balanceamento, troca dos filtros de ar, óleo, velas e cabos de vela podem fazer o carro render muito mais.

Portanto, vale apostar no ditado: “é melhor prevenir do que remediar”.

Como definir quando a revisão deve ser feita?

Para definir qual a regularidade da revisão do seu automóvel, o primeiro passo é consultar o manual do proprietário, já que a periodicidade pode variar de acordo com o modelo e até mesmo o ano de fabricação.

O mais comum é que a revisão seja marcada para cada 10 mil quilômetros rodados ou a cada seis meses transcorridos, o que acontecer primeiro.

Outra situação em que a manutenção preventiva deve ser feita é antes de viagens ou longas jornadas. Na estrada fica mais difícil o acesso a oficinas mecânicas de qualidade e por um bom preço. E dependendo da rodovia, existe a chance de você ficar parado por muito tempo antes de conseguir ajuda. Além do estresse óbvio, negligenciar isso pode ser bastante perigoso.

Então, para que brincar com a sorte? Agora que você já sabe sobre a importância da revisão veicular estabeleça seu calendário e proporcione o merecido cuidado ao seu automóvel.

E já que o assunto é a precaução para diminuir o risco de contratempos com seu automóvel, não deixe de conferir nosso artigo com os 6 ruídos no carro que indicam que ele está com algum problema.

Escreva um comentário