Todo proprietário de carro ou moto sabe que a boa escolha do tipo de combustível é fundamental para que tenha o desempenho desejado. Por isso, neste texto traremos algumas dicas sobre como escolher o tipo de combustível ideal para seu veículo. Quer saber mais? Continue lendo este texto. A escolha do tipo de combustível ideal passa por vários fatores, desde valor, procedência, características do motor e do veículo. Está indeciso sobre qual combustível utilizar em seu veículo? Reunimos três bons conselhos para você, proprietário, ficar atento na hora de ir ao posto. Preste atenção à procedência do combustível O combustível consumido pelo veículo influencia para uma série de fatores relacionados ao veículo: o desempenho, a potência, a velocidade, a economia, a vida útil do motor, a emissão de gases poluentes, entre outras variáveis que interferem nos custos e na experiência de motoristas e passageiros. Combustível de procedência duvidosa pode ter fórmula adulterada. Desse modo, o veículo não entrega toda a potência para a qual foi projetado. Além disso, sua composição desequilibrada promove desgaste maior das partes móveis do motor, além do sistema de ignição e injeção eletrônica. A gasolina ou o etanol de procedência incerta (também chamado de combustível batizado) pode até ser mais barata, mas no fim o proprietário paga mais caro nas manutenções ou reparos de seu veículo. Como se tudo isso não bastasse, combustível adulterado também polui mais o meio ambiente. Mas e como é possível saber sobre a procedência do combustível rapidamente? Ao passar pelo posto, preste atenção à bandeira. Depois, observe os adesivos colados na própria bomba, que trazem detalhes sobre a distribuidora do etanol/gasolina como nome, cnpj e localização. Por isso, evite sempre abastecer postos de combustível sem bandeira ou com marcas genéricas. Tenha certeza da qualidade da procedência dos combustíveis comercializados no seu posto de preferência. Prefira os combustíveis Petrobras disponíveis no Posto 214 Sul. Sempre que possível, vá de gasolina aditivada Para proprietários que utilizam gasolina no tanque, uma dica importante é: sempre que houver possibilidade, utilize a gasolina aditivada em seu veículo. A diferença de preço costuma ser pouco significativa, de apenas alguns centavos, mas os benefícios em longo prazo trazem grande economia. Muita gente acredita que a gasolina aditivada serve para dar mais potência e performance ao veículo. Na verdade, não é bem assim que isso funciona. Este tipo de combustível é aditivado de fábrica com detergentes e dispersantes que integram a fórmula da gasolina. Estas substâncias aditivas são utilizadas para que a gasolina, ao ser movimentada no interior das tubulações e partes do veículo, limpem impurezas físicas e químicas que causam mais atrito e desgaste nas partes móveis do motor, além de lubrificar e limpar pistões, virabrequim e bicos injetores. Os dispersantes também ajudam a gasolina aditivada a ser menos nociva ao meio ambiente uma vez que for queimada e seus gases expelidos pelo escapamento. Assim, o proprietário aumenta a vida útil do motor do carro e ainda ajuda reduzir os impactos sobre o meio ambiente. A gasolina comum não possui aditivos em sua fórmula. Em postos com garantia de procedência, este combustível tem boa qualidade, porém, naturalmente, ele ainda gera resíduos de combustão que podem se acumular no interior do motor ao longo do tempo de uso. Se o motorista deseja alcançar o máximo desempenho em seu motor com gasolina, deve utilizar combustível qualidade premium, com octanagem maior. Porém, este tipo de gasolina só traz melhorias em motores de alta performance, presente em carros mais luxuosos. O proprietário também deve ter cuidado ao utilizar gasolina aditivada combinada a aditivos comercializados separadamente, colocados diretamente no tanque. Alguns destes produtos podem reagir com a composição da gasolina e anular sua característica detergente. Siga sempre as recomendações do fabricante. Compare preços entre gasolina e etanol na bomba Esta dica vai para proprietários de veículos com motor Flex, que aceita abastecimento tanto com gasolina, como com etanol. O conselho é: considere a diferença entre os preços dos combustíveis ao escolher entre um ou o outro. A gasolina é um derivado do petróleo. Seus custos de produção são mais altos, bem como toda a cadeia logística para que ela chegue até as bombas. Além disso, é um combustível mais durável que o etanol. Por essas e outras razões, ela é mais cara. O etanol no Brasil é produzido a partir de cana de açúcar, com custos de produção mais baixos. Além disso, ele está presente na fórmula da gasolina em até 27% da composição. Apesar de ter uma potência de combustão mais alta que a gasolina, o etanol é consumido mais rapidamente, por isso, um tanque de etanol dá menos autonomia de rodagem ao veículo do que a mesma quantia de gasolina. Isso torna o etanol mais barato. Porém, a diferença de preços entre estes dois combustíveis no momento do abastecimento é um fator importante a se considerar ao escolher entre etanol e gasolina. Normalmente, se o etanol estiver custando até 65% do valor da gasolina, ele é a melhor escolha. Se a diferença de preços for menor, a gasolina pode ter o melhor rendimento, mesmo sendo mais cara na bomba. Atenção: a porcentagem acima não é uma regra geral. Este cálculo varia de acordo com os diferentes modelos de veículos e seus motores. Outro fator que influencia no rendimento dos combustíveis é o comportamento do motorista, mais agressivo ou mais regular. No Brasil é proibido que carros de passeio sejam equipados com motores a diesel. No entanto, se você pretende comprar uma pickup média ou um utilitário 4x4 reduzido, é possível adquirir um veículo com motorização a diesel. Estes motores apresentam alta performance e potência. Além disso, o valor do diesel é menor do que o da gasolina e os motores têm desempenho econômico. O ponto negativo é a alta emissão de poluentes e o valor mais caro na compra. Este artigo foi útil para você? Aqui você pode encontrar muito mais conteúdo de qualidade que é útil para proprietários, motoristas e passageiros. Acesse nossos vídeos cadastre-se e baixe o nosso aplicativo para smartphone.
Categoria

Produtos

Categoria

4 dicas para escolher o tipo de combustível ideal para o seu veículo

Todo proprietário de carro ou moto sabe que a boa escolha do tipo de combustível é fundamental para que tenha o desempenho desejado. Por isso, neste texto traremos algumas dicas sobre como escolher o tipo de combustível ideal para seu veículo. Quer saber mais? Continue lendo este texto. A escolha do tipo de combustível ideal passa por vários fatores, desde valor, procedência, características do motor e do veículo. Está indeciso sobre qual combustível utilizar em seu veículo? Reunimos quatro bons conselhos para você, proprietário, ficar atento na hora de ir ao posto. Preste atenção à procedência do combustível O combustível consumido pelo veículo influencia para uma série de fatores relacionados ao veículo: o desempenho, a potência, a velocidade, a economia, a vida útil do motor, a emissão de gases poluentes, entre outras variáveis que interferem nos custos e na experiência de motoristas e passageiros. Combustível de procedência duvidosa pode ter a fórmulação adulterada, recomendado pela ANP. Desse…

Qual a função das velas de ignição no carro?

As velas de ignição é um dispositivo elétrico que tem como finalidade inflamar a mistura comprimida de ar e combustível dentro do motor. De forma simples, as velas de ignição são as responsáveis por fornecerem a centelha, ou seja, a faísca elétrica responsável por dar a partida em motores movidos por combustão. Por conta disso, quando há algum problema de ignição, este pode estar diretamente relacionado à problemas na vela. As velas de ignição precisam estar em boas condições para que não prejudique o desempenho do motor do veículo e nem influencie no consumo do combustível. Existem diversas velas de ignição que podem variar de acordo com o fabricante. Nos veículos que possuem motor com carburador, a vela utilizada é a chamada vela de ignição convencional. Já em veículos com injeção eletrônica, as velas utilizadas são as velas resistivas. Como é uma peça muito importante para o funcionamento do automóvel,…

7 dicas para carros que estão com consumo excessivo de combustível

Com o aumento constante no preço do combustível, calcular o consumo do veículo tem se tornado uma prática cada vez mais necessária. Muitos motoristas com o uso frequente do veículo acabam se deparando com o consumo excessivo de combustível e não sabem o porquê isso ocorre. Atualmente, o preço médio da gasolina em nosso país é de R$ 4,34 o litro, ou seja, um valor alto principalmente para quem utiliza seu veículo para trabalhar diariamente. É bastante comum um carro consumir mais ou menos combustível que outro da mesma marca e modelo. Isso acontece, por conta de alguns hábitos do condutor e por conta de manutenções que não estão sendo realizadas corretamente. Muitos motoristas, até mesmo não sabem como identificar quando esse consumo está exacerbado, principalmente se o uso do veículo não é constante. Antes de apontar quais são os motivos que levam o alto consumo, vamos lhe ensinar como calcular…

Por que devo usar aditivos de combustíveis antes de trocar as velas e os bicos injetores?

Os aditivos para combustíveis possuem uma série de benefícios ao veículo. Alguns destes benefícios estão diretamente ligados aos bicos injetores e às velas de ignição. Neste texto, você irá entender por que deve usar aditivos de combustíveis antes de trocar as velas e os bicos injetores. Confira! Velas, bicos e combustível O bom funcionamento das velas de ignição e dos bicos injetores são fundamentais para que o motor do carro possa ter o melhor rendimento possível. A qualidade dos combustíveis que entram em contato com essas peças determina diretamente a performance das partes. Afinal, o bico injetor é responsável por injetar a quantidade correta de combustível e ar na câmara de combustão. A vela, por sua vez, dá início à fagulha responsável pela queima e explosão da mistura de combustível e ar. Se estas peças não estão fazendo um bom trabalho, a tendência é que o carro perca potência, fazendo…

Etanol X gasolina: qual a melhor opção para o meu veículo?

Com os carros total flex, o motorista tem liberdade de escolha entre o etanol e a gasolina e assim, mais controle de quanto quer gastar para abastecer o tanque. Para fazer a escolha certa, o melhor é conhecer bem as características do etanol e da gasolina e saber quais são as suas vantagens e as suas desvantagens. Como ambos os combustíveis têm preços variáveis, há várias considerações a fazer para escolher qual a melhor opção para o seu veículo. Conheça as principais vantagens e desvantagens de cada um deles! Etanol A principal vantagem do etanol é ser obtido por meio da cana de açúcar. Por ser um combustível de fonte renovável, os resíduos produzidos da sua queima são menos poluentes para o meio ambiente. A emissão de CO2, o gás carbônico, é menor com o álcool etílico do que com a gasolina. Além disso, o etanol reduz os depósitos carboníferos…

Para que servem os filtros automotivos de combustível, de óleo e de ar.

O motor de um carro é um equipamento complexo e composto por diversos elementos interligados. Para que ele opere corretamente, cada um desses itens deve estar funcionando e em plenas condições de cumprir seus papeis no sistema, uma vez que o defeito em um deles prejudica os demais. Alguns desses elementos são os filtros automotivos, podendo ser de ar, de óleo e de combustível. Eles são responsáveis, de modo geral, pelo impedimento da entrada de sujeira e corpos estranhos no sistema. Essa limpeza durante a operação é essencial para que não ocorram atritos desnecessários e nenhum dano seja causado. Vamos conversar sobre as funções e os cuidados de troca de cada um desses filtros. Filtro de ar automotivo Ele é responsável por filtrar o ar que entra e impedir que sujeiras cheguem até a câmara de combustão do motor. Sabendo que esse ar pode carregar partículas grandes e indesejadas, ele…

Dx fuel: Este aditivo automotivo traz resultados?

O Dx Fuel é um tipo de otimizador de combustível, ou seja, ele consegue melhorar o aproveitamento do combustível e ainda dar uma manutenção mecânica preventiva. A função deste aditivo é purificar e filtrar o combustível fóssil ou vegetal, fornecendo total aproveitamento do etanol, diesel ou gasolina. Isso só é possível porque o Dx Fuel consegue isolar as moléculas de água (H2O) presentes nos combustíveis. Depois de isolar os átomos de oxigênio e hidrogênio, o aditivo não permite que elas liguem-se outra vez. Os átomos de oxigênio são dispersos no tanque, enquanto que as moléculas de hidrogênio são queimadas junto com o combustível. O principal resultado do uso do aditivo Dx Fuel é que ele é capaz de aumentar a potência do motor, e com isso gerar economia de combustível. Além disso, ele diminui a quantidade de poluentes eliminados com a queima do etanol, diesel ou gasolina. Com o Dx Fuel, há também menos depósito de resíduo…

Quais os benefícios do espelhamento de pintura (teflon automotivo)

Se você tem um carro, conhece bem as inúmeras facilidades que esse meio de transporte proporciona. Afinal, nada melhor do que desfrutar de conforto, segurança e autonomia que só o seu carro pode oferecer para o seu dia a dia. Se existe uma situação em que você mais agradece o privilégio de ter um carro é em dias de chuva e frio, não é mesmo? Sem contar aquele compromisso do outro lado da cidade, que surgiu de última hora, mas que com a ajuda do seu carro você nem chegará tão atrasado. É claro que essas vantagens vêm acompanhadas da responsabilidade de cuidar do veículo. Esse cuidado vai muito além daquela lavagem de final de semana, feita na calçada de casa. Atualmente, existem vários produtos e técnicas específicas para limpeza e conservação de carros. Alguns até podem ser aplicados por você mesmo. Você já ouviu falar do espelhamento de pintura?…