É bastante provável que você já saiba que existem algumas formas de calcular o consumo de combustível do seu veículo, não é mesmo? No entanto, o problema é saber como fazer isso corretamente, a fim de obter o resultado mais próximo da realidade possível.

Pensando nisso, este artigo foi criado exatamente com o intuito de te ensinar algumas maneiras diferentes de calcular o consumo do seu veículo. Está preparado para aprender e tentar colocá-las em prática para descobrir qual é a mais eficaz para o seu caso?

Então não deixe de acompanhar o conteúdo até o final e de prestar bastante a atenção para entender de fato o que você deve fazer. O que está esperando? Vamos lá!

Por que calcular o consumo do seu veículo?

Em linhas gerais, calcular o consumo de combustível do seu veículo, como você já deve imaginar, é fundamental quando o assunto são os custos. Sendo assim, fazer esse cálculo e saber em média o quanto o seu automóvel gasta é importantíssimo e faz toda a diferença para você conseguir ter um controle.

Para empresas isso é ainda mais importante, claro. Já imaginou ter uma frota de carros utilizada diariamente e não ter uma noção dos gastos com combustível dos veículos? Sim, nesses casos é possível até ter problemas financeiros.

Ao saber o quanto o seu veículo consome, por exemplo, as chances de você conseguir realizar algumas mudanças com o objetivo de reduzir os custos são muito maiores, ainda mais levando em consideração que o total gasto por mês com combustível não deve ser baixo, certo?

Agora que você entendeu a importância, chegou a hora de aprender a como fazer o cálculo. Acompanhe!

Diferentes formas de calcular o consumo de combustível

No total, existem diversas formas diferentes de calcular o consumo de combustível do seu veículo. Entretanto, logo abaixo vamos mostrar as três principais entre elas. Então, você pode escolher a melhor e mais eficaz para o seu caso em específico.

Cálculo manual

Por mais que pareça um pouco complicado, fique sabendo que não há nenhum mistério para fazer o cálculo do consumo do seu automóvel manualmente, muito pelo contrário.

Na verdade, é só dividir o número de quilômetros rodados pela quantidade necessária de litros para encher o tanque de combustível. Confira um passo a passo completo a seguir:

Passo 1: Vá até o posto de gasolina da sua preferência com o tanque quase vazio e peça para completar.

Passo 2: Feito isso, não se esqueça de olhar a bomba e de anotar quantos litros foram colocados.

Passo 3: Antes mesmo de sair do posto, zere o marcador de quilometragem (também conhecido como odômetro) ou, se preferir, anote a quilometragem atual do veículo e considere-a como “Quilometragem A”.

Passo 4: Depois, dirija normalmente e espere ao máximo para encher o tanque de novo. O melhor é fazer isso quando ele estiver quase vazio.

Passo 5: Quando o combustível estiver acabando, vá novamente até o mesmo posto de gasolina que abasteceu e primeiro observe quantos quilômetros conseguiu rodar com o tanque anterior. Se não zerou o marcador da primeira vez, é só subtrair a quilometragem atual por aquela que foi anotada anteriormente, certo?

Passo 6: Então, encha o tanque na mesma bomba de combustível e veja mais uma vez quantos litros foram colocados nesse reabastecimento.

Passo 7: Para finalizar, basta dividir a quilometragem rodada pelos litros colocados a fim de calcular o consumo do seu veículo. Vale ressaltar que o resultado final será o km/l do seu automóvel.

Cálculo feito pelo próprio veículo

Com todas as tecnologias disponíveis nos dias de hoje, alguns veículos são capazes de fazer por conta própria esse cálculo do consumo médio a partir das informações registradas nos últimos 30 minutos, informando o resultado no painel.

De qualquer forma, tenha em mente que essa possibilidade não está disponível em todos os automóveis, e por isso o cálculo manual ainda é tão importante e utilizado.

Cálculo automático

Por fim, mas não menos importante, há também a opção de calcular o consumo do veículo através de sites e aplicativos especializados nesse assunto. Essa maneira é a mais recomendada para empresas, por exemplo, que possuem uma grande quantidade de veículos. Afinal de contas, nesses casos o cálculo manual acaba sendo algo bastante trabalhoso.

No geral, esses sites e apps geralmente fornecem um resultado mais preciso da quantidade de combustível gasta por cada veículo com apenas alguns cliques. Se você preferir, portanto, não deixe de contar com essa ajuda automatizada, independente se quiser saber o consumo de apenas um veículo ou de vários.

Dicas importantes

Conseguiu entender como essas três maneiras de calcular o consumo de combustível do seu veículo funcionam? Bom, agora tudo o que você precisa fazer é escolher a melhor para o seu caso e colocá-la em prática assim que possível.

Todavia, antes disso não se esqueça de considerar que alguns fatores podem afetar diretamente o consumo do seu automóvel, confira alguns deles:

– Aceleração e frenagem do motorista;

Calibragem dos pneus;

– Falta de alinhamento;

Ar condicionado;

Tipo de combustível;

– Mudanças de percurso.

Além disso, tenha em mente também que menos freio e aceleração irão levar a uma quilometragem maior, mesmo com a mesma quantidade de litros de combustível. É exatamente por isso que os automóveis rendem mais em rodovias.

Outra informação válida é que os cálculos do consumo podem não ser tão exatos nas primeiras vezes. Sendo assim, o ideal é repetir os cálculos pelo menos umas três vezes e depois fazer uma média dos resultados obtidos, a fim de ter um km/l mais preciso.

O que achou de todas essas maneiras de calcular o consumo do seu veículo? Tudo é realmente simples e prático, não é mesmo? Ainda mais se o seu próprio carro for capaz de fazer esse cálculo sozinho. De qualquer forma, teste pelo menos uma vez a forma manual para analisar se o resultado do automóvel é parecido com aquele obtido por você.

E a chuva impacta no consumo de combustível? Assista este vídeo com o Daniel Costa.

Escreva um comentário