O sistema de ignição de um veículo é o responsável por inflamar a mistura de ar-combustível dentro do motor, gerando assim a energia necessária para que um automóvel se movimente. Por conta disso, o sistema de ignição conta com componentes fundamentais para que o motor do do veículo funcione da forma mais efetiva.

Dois dos componentes mais importantes desse sistema são os bicos injetores e as velas de ignição. Juntos, eles funcionam de forma a injetar a quantidade de combustível e ar necessários câmara de combustão e inflamar a combustão dessa mistura de combustível-ar. A energia nesse processo, empurra o pistão para baixo e faz com que o carro se movimente. Ou seja, qualquer má funcionamento nesses componentes, podem comprometer o motor do carro, gerar aumento de consumo do combustível, falhas na aceleração e perda de potência.

Dessa forma, é necessário entender o funcionamento dessas peças para que se consiga o melhor aproveitamento e durabilidade delas.

Bicos Injetores

O bico injetor, também chamada de válvula injetora de combustível, é fundamental para o sistema de injeção eletrônica. Ela é responsável por pulverizar o combustível de maneira efetiva na câmara de combustão. De forma mais detalhada, o funcionamento do bico injetor ocorre da seguinte maneira: o combustível deve ser injetado de forma pulverizada permitindo que a mistura com o ar seja a mais homogênea e que a menor quantidade possível de combustível seja perdida. Nesse processo, o pistão é empurrado para baixo, o que faz com que o carro se movimente.

Para que os bicos injetores funcionem de forma adequada, o motor precisa receber a quantidade correta de combustível necessária para promover a combustão. Isso é garantido por conta dos orifícios extremamente pequenos  dos bicos, permitindo a injeção do combustível de forma gradual e calculada.

Como limpar os bicos injetores?

Por possuírem orifícios pequenos, partículas muito pequenas de sujeira podem obstruir os bicos injetores e prejudicar a saída do combustível para o motor. Essa situação pode gerar aumento no consumo, falhas na aceleração e perda de potência. Portanto, é importante que sejam feitas limpezas e manutenções nos bicos injetores do seu automóvel.

Existem duas principais formas de efetuar a limpeza uma ocorre por meio de máquinas de ultrassom e a outra por aplicação de produto específico. Mas antes recomendamos usar 2 aditivos individualmente junto com o tanque do seu veículo:

Limpeza por máquina de ultrassom:

Por este método, primeiro é retirado a caixa do filtro de ar, a mangueira e os chicotes. Depois disso, as válvulas injetoras são retiradas da flauta do carro e instaladas na flauta da máquina de limpeza de bico. Depois disso, a flauta é colocada em uma cuba com a solução de limpeza e então é ativada a função limpeza na máquina de ultrassom, que faz as partículas contidas nas válvulas se soltarem devido à alta frequência das vibrações do ultrassom, desobstruindo os bicos. Depois de finalizar o processo, as válvulas são recolocadas na flauta do carro.

Limpeza por aplicação de produto específico:

Já nesse método, o produtos de limpeza é colocado na flauta do carro e então o motor é ligado. A ação do produto faz com que a goma incrustada na válvula injetora seja diluída. Dessa forma, quando a válvula se abre, ela consegue expulsar a goma, que é queimada na câmara de combustão.

Quando limpar os bicos injetores?

Entendendo como se é feita a limpeza, é preciso entender também quando é necessário fazer a limpeza dos bicos injetores. A limpeza desse componente é indicada a cada 6 meses através de aditivos específicos ou quando há o acúmulo de sujeira nos bico do injetor, e detectado por aparelhos específicos.

Para se antecipar e garantir que os bicos injetores tenham uma boa durabilidade, segue algumas dicas:

  • Troque o filtro de combustível no prazo indicado no manual do fabricante;
  • Prefira usar o combustível aditivado (gasolina ou álcool), pois ele tem substâncias que promovem a remoção de resíduos do sistema de injeção eletrônica;
  • Realize as revisões e manutenções dos componentes do seu veículo previamente com aditivos e combustíveis de procedência.

Gostou deste Post? Descubra como o uso de aditivos pode te ajudar a economizar combustível.

Escreva um comentário